• Redação Nacional

2 anos sem Binho do Quilombo... Família cobra justiça


O Quilombo de Palmares, amanheceu triste. A exatos 2 anos em uma ação de extrema violência interrompeu, de forma precoce e covarde a vida do líder Quilombola o eterno BINHO do QUILOMBO.


A Igreja de São Gonçalo ficou pequena diante da presença dos familiares, amigos e membros da comunidade Quilombo dos Palmares a missa, em memória aos 2 anos do falecimento de Binho do Quilombo foi celebrada pelo Padre Marcos Almeida e Diácono Antônio dos Anjos, ambos da Paróquia de São Miguel de Cotegipe, ambos enalteceram as ações e liderança de Binho, fazendo menção ao seu comprometimento com a preservação da história e a luta pela dignidade de toda comunidade, sempre respeitando os ancestrais e descendentes de matriz africana, em Simões Filho, com atuação reconhecida em todo território brasileiro.


FAMÍLIA JOÃO MOREIRA


Dona Bernadete e todos que fazem parte da família João Moreira, sofrem a dor e saudade da perda do filho, irmão e amigo amado, que deixou-nos tão precocemente em ação de extrema covardia.


Ainda assim encontram energia para continuarem defendendo o seu povo e a história de luta das comunidades Quilombolas.


Dona Bernadete, mãe e exemplo de força


"Hoje sinto ainda mais forte, em minha memória, a terrível cena em que vi meu filho, sem vida dentro do carro. Trata-se de uma dor sem fim... diária e constante que machuca à todos nós. Não descansarei, tão poucos amigos do meu filho, na busca em descobrirmos quais, ou quem, foram os mandantes deste crime bárbaro.


Estamos aqui celebrando Binho do Quilombo, neste ato de fé, ao mesmo tempo cobrando das autoridades uma resposta, que sejam apresentados os culpados, o mandante, eu como mãe, aos irmãos, a viúva e filhos nós temos o direito de saber quem foi o autor, mandante e qual a motivação desta barbaridade contra meu filho, contra a nossa família..." foram as palavras de Dona Bernadete, com exclusividade para o Redação Nacional.


Os amigos fizeram questão de abraçar e prestar solidariedade à essa guerreira, Dona Bernadete.






" O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.


Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."


Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.




0 visualização

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações