• Redação Nacional

Belém: Servidores denunciam precariedade e falta de segurança no Hospital Barros Barreto


Servidores do Hospital Universitário João Barros Barreto, localizado no bairro do Guamá, em Belém, reclamam da precariedade na estrutura do hospital, que é vinculado ao Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará (UFPA) e administrado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). O Sindicato dos Trabalhadores das Instituições Federais de Ensino Superior no Estado do Pará (Sindtifes) informou que tem recebido reclamações e denúncias de falta de segurança nas dependências do hospital, após a queda de um muro nos fundos do hospital. Em nota, o hospital informou que toma providências para garantir a manutenção do prédio, que possui mais de 60 anos.


Servidores tiram fotos do hospital que mostram parte do forro do teto que cedeu na área externa da ala feminina na Clínica de Infectologia e problemas no piso e revestimento, além de infiltrações, no vestiário. Segundo funcionários, as máquinas da lavanderia, usadas para lavagem das roupas, estão quebradas o que afeta a manutenção dos materiais do hospital.


Parte do forro do teto que cedeu na área externa da ala feminina na Clínica de Infectologia. —


Foto: Reprodução


Vestiário está com problemas no piso, revestimento e infiltrações. — Foto: Reprodução

A direção do hospital informou à categoria que uma peça viria de São Paulo para resolver o problema. Segundo o sindicato, um contrato foi assinado com uma empresa de limpeza, no valor de R$11.000,00, para executar a lavagem, mas o serviço, não incluiria um processo específico de secagem que é necessário no hospital. Os servidores estão preocupados se a técnica de lavagem irá atender as exigências técnicas de um hospital de alta e média complexidade.


Outro problema, segundo o sindicato, é a ausência de refrigeração na Divisão de Arquivo Médico e Estatístico (Dame), setor que armazena os prontuários médicos. Os profissionais reclamam que sofrem com os riscos de contaminação de doenças respiratórias e patologias ocasionadas por fungos.


Funcionários do hospital reclamam que convivem com situação de abandono no hospital. — Foto: Reprodução


INSEGURANÇA


O Sindtifes-PA informou ainda que considera grave a situação atual do hospital em relação a segurança. "Basta uma visita às dependências do local para reconhecer diversos problemas no campo da segurança e da infraestrutura, que põem em risco a integridade dos servidores, dos pacientes e seus familiares", afirmou.

Ainda de acordo com o sindicato, o "hospital não conta com profissionais equipados de forma adequada para enfrentar possíveis situações de insegurança, como assaltos, ainda mais após a queda do muro na parte de trás do terreno". Segundo o sindicato, a falta do muro tem possibilitado que assaltantes entrem no local para cometerem assaltos e que "não há previsão para contratação de reforço ao efetivo de segurança".

O Sindtifes disse, em nota, que acompanha de perto todos os problemas do hospital, junto aos funcionários dos setores citados, e trabalha para que a situação de precarização seja resolvida.


DESCASO COM PACIENTES


Em outubro de 2017, foi publicado vídeo, enviado ao Bom Dia Pará, Rede Globo, que mostra o descaso com pacientes no setor de triagem do Barros Barreto. Pacientes denunciavam o calor insuportável que fica no setor porque o aparelho de ar condicionado não funcionava. De acordo com o hospital cerca de 600 a 800 mil reais seriam investidos até o final de 2017 da manutenção do local.


Nota


Em nota, o hospital disse que, em relação ao muro, a expectativa é que ainda esta semana seja reconstruída a parte estrutural comprometida pela ação do tempo e para isso conta com a participação da engenharia da UFPA. A instituição de ensino também contribui na recuperação do reboco das varandas de todas as áreas de internação da edificação. A respeito da segurança, tramita um processo licitatório para garantir tranquilidade a todos os funcionários e usuários que transitam no Barros Barreto.


Redação Nacional / G1

2 visualizações

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações