• Redação Nacional

Caixa Preta: Dinha, APMI e Hospital Municipal de Simões Filho


Ainda repercute, na cidade de Simões Filho, a surpreendente e inadequada postura do prefeito Diógenes Tolentino - Dinha - MDB, ao impedir o acesso dos vereadores Sandro Moreira, Alfredo Assis e Láecio Valentim que foram, como é legitimo e de acordo com as funções dos que são eleitos para fazer parte do Poder Legislativo.


HMSF


A administração do Hospital Municipal de Simões Filho é, por contrato, de responsabilidade da APMI. Portanto, os vereadores estavam no exercício das suas obrigações, fiscalizando um prestador de serviços à população de Simões Filho.


Não cabe, do ponto de vista legal e ético que o líder do executivo municipal interceda, e impeça o trabalho dos vereadores. Pois, Dinha representa o povo e deveria se comportar como contratante e dar o apoio na apuração das várias denúncias de falta de medicamentos, para pacientes, bem como o desabastecimento da farmácia responsável por distribuir remédios à população.


CAIXA PRETA

O povo da Boa Terra Boa Gente foi incorretamente informado de que os edis queriam fechar o HMSF, uma clara tentativa de retirar dos vereadores o apoio popular à visita surpresa. Com essa atitude, o prefeito Dinha desobedeceu a Lei Orgânica do Município, ao RI - Regimento Interno da Câmara de Vereadores e, principalmente, afrontou a Constituição da República Federativa do Brasil.


Toda a ação foi justificada sob o argumento de que a oposição queria desviar o foco. Pois, no dia anterior havia sido entregue à população do Tanque do Coronel, o Eco Park Tanque do Coronel, já batizado por uma das lideranças políticas do prefeito como a "Lagoa de Copacabana", ao impedir o acesso dos vereadores, Dinha manteve fechada e lacrada o acesso do povo ao conteúdo da "Caixa Preta" dos medicamentos que tanto fazem falta aos pacientes do HMSF e aos que precisam retirá-los no balcão de atendimento.


COMISSÃO DE SAÚDE


É dentro deste contexto de aparente caos, necessária a palavra do Presidente da Comissão de Saúde da Câmara, Vereador Luciano Almeida, até o momento, não vei à público, prestar sua solidariedade aos seus pares, ou posicionar-se diante das várias denúncias de descaso com os clientes e população em geral que buscam atendimento no HMSF. Esse silêncio, não condiz com a história politica do referido edil.


Romário dos Santos

Jornalista - DRT - 4589/BA

Editor Chefe - Redação Nacional


Fotos; Redes Sociais

" O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.


Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."


Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

152 visualizações0 comentário