• Redação Nacional

COVID19: Decretos, Estado de Emergência, será só imaginação, será que vamos conseguir vencer...?


Simões Filho: A sétima maior arrecadação do estado, dentre os 417 municípios, demonstra a cada ação de governo não ter, de fato, um plano de contingência para enfrentar esse momento de PANDEMIA.


COMUNICAÇÃO


As autoridades municipais, em todas as suas esferas, no contato com a imprensa continuam falando de improviso, enviando à população mensagens de que estão preparados, que o município já comprou insumos, mascaras, álcool e luvas.. E, quais as ações sociais, onde estão as barreiras sanitárias...?


Em pronunciamento, através de vídeo compartilhado nas redes sociais, a Secretária de Saúde, Iridan Brasileiro, é exposta de uma gravação amadora, apresentando informações superficiais e repetidas, em um ambiente marcado pelo amadorismo, a ação bem que poderia ter sido realizada pela equipe da TV KIRIMURÊ, com equipamentos profissionais, iluminação e com um melhor conteúdo de informação e cenário. Simões Filho, não pode continuar sendo apresentada como o "patinho-feio" da RMS.


Não compreende-se o fato de não utilizar a expertise da equipe do Programa Simões Filho no Ar, TV KIRIMURÊ, com certeza Dragão Marinho e equipe fariam algo mais condizente com o poder econômico da cidade de Simões Filho.


Não informam claramente, quais são as ações para evitar o contágio comunitário, não dizem se essas pessoas, do comércio, Mercado Municipal estão sendo monitoradas, ou protegidas ao trabalharem diante do iminente risco de contágio.


CASOS SUSPEITOS


Fala-se de 2 casos suspeitos, porém não informam quando deram entrada no HMSF, qual data foi encaminhadas as amostras ao LACEM, e qual será o prazo para emissão do resultado, e se será feita a contra-prova.


DECRETO DE EMERGÊNCIA DE SAÚDE


O prefeito Diógenes Tolentino, e a Secretária Sra. Iridan Brasileiro, elaboram e publicam, no Diário do Município o Decreto Emergência, o quarto durante desde a posse, em primeiro de janeiro de 2017.


A publicação deste ato administrativo, deixa o Poder Executivo, livre e com uma boa margem de liberdade na aplicação dos recursos financeiros, podendo realizar ações sem a necessidade de licitações e outros mecanismos contidos na LRF - Lei de Responsabilidade Fiscal.


VALOR TOTAL JÁ UTILIZADO DISPENSA DE LICITAÇÃO:


R$ 2.341.817,07 - (Dois Milhões, Trezentos Quarenta e Hum Mil, Oitocentos e Dezessete Reais e Sete Centavos).



BOLSA AMBULANTE


Aprovada durante a 5ª Sessão Extraordinária no dia 9, Dez-2019, o Projeto de Lei nº 022/2019 de autoria do Poder Executivo, com a concessão de bolsa-auxílio para pessoas físicas que realizam atividade de comércio informal no centro urbano do Município de Simões Filho.

Segundo os vereadores da base de apoio ao prefeito Dinha, o objetivo, principal era garantir a preservação, organização e regulamentação desta via econômica tida como de suma importância para a saúde financeira do município.


Hoje, durante a edição do Programa Panorama de Notícias, ao serem perguntados sobre o pagamento desta referida bolsa-auxílio, não souberam responder, de forma concreta os seguintes membros do primeiro escalão do prefeito Dinha.


Edson Sant'ana - KI Pão - Secretário de Governo

Alan Lima - Secretário Desenvolvimento Econômico

Uilton Ramos - Secretário de Ordem Pública


No momento em que se discute, como medida preventiva a suspensão dos serviços prestados pelos permissionários do Mercado Municipal, a gestão, não sabe informar sobre o andamento e aplicação de uma lei aprovada e sancionada à 4 meses.


CAMPANHA SALARIAL - APLB 2020


Como ficará resolvida as questões relacionadas à Campanha Salarial 2020 dos professores municipais. Devido ao Decreto 172/2020, a Assembleia que seria realizada no último dia 18.03, foi cancelada. E, segundo os mestres, até o momento eles não foram informados pelos diretores da APLB, sobre quais foram os pontos colocados pela gestão da Boa Terra Boa Gente, na referida devolutiva.


Professores, enviam mensagem ao Redação Nacional


"Questionamos a gestão por não compreendermos o fato da devolutiva ser transmitida via redes sociais...?"


Compreendemos o momento atual, mais não podemos ficar na suspense sobre qual a posição do governo diante dos pontos por nós apresentados, necessitamos de respostas, o quanto antes. Dinha, não pode usar o contexto atual, Coronavírus, usando como justificativa para negar os direitos da categoria..."


RESPONSABILIDADES ADMINISTRATIVAS


Mesmo diante das graves consequências, causadas pelo PANDEMIA COVID-19, os gestores, em suas distintas esferas, terão que atender e manter a máquina funcionando, administrando e apresentando soluções nas áreas econômica, social, dando à comunidade a tranquilidade necessária para superar, os próximos meses que se apresentam como os mais complicados das últimas décadas. E, somente as administrações organizadas, com planejamento e gabinete de crise atuante, sério e comprometido poderão transmitir à sociedade segurança e organização administrativa.


Lamentavelmente, o desencontro e atropelo das ações e falta de conhecimento do alto escalão, dar a entender para uma parcela da população não ser a especialidade da Gestão da Boa Terra Boa Gente.


Nós do Redação Nacional, compreendemos que medidas devem ser adotadas, por todas as autoridades país. Porém, causa-nos inquietação ao contabilizarmos, em um único mandato, o gestor promulgar 4 decretos emergenciais. Estamos, será, em tempos de guerra...


Romário dos Santos

Editor Chefe

Redação Nacional


"O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.


Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."


Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados


0 visualização

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações