• Redação Nacional

Empresário "Metem Marcha" no governador Rui Costa, Bahia, e protestam contra fechamento do comércio



Simões Filho: Município que integra a RMS - Região Metropolitana de Salvador, participou dos protestos, realizados em diversas cidades do Estado da Bahia, contra as medidas adotadas pelo Governador Rui Costa e endossada pela maioria dos municípios do Estado.



Através de carreata organizada pela ACOSIF - Associação Comercial e Industrial de Simões Filho, centenas de empresários e filiados da Acosif juntaram-se aos demais empresários e juntos, reuniram-se, desde as primeiras horas da manhã, na entrada da cidade e partiram em carreata, com 2 passageiros, em cada veículo, os empresários em sinal de protestos estavam de camiseta branca , balões brancos.



KLEBER MOTA - Presidente ACOSIF


"Trata-se de um movimento pacífico. A FACEB - Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Bahia e ACOSIF, apoiamos os empresários e prestadores de serviços e não concordamos com as medidas adotas pelo Governador Rui Costa e com os Decretos sancionados pelo prefeito Dinha. Sem discutir com os empresários, sem apresentar medidas de compensação, em Simões Filho não existe quaisquer plano para dar a mínima sustentação e apoio aos setores que empregam uma importante parcela da mão de obra da cidade. Os encargos são cobrados religiosamente, em todas as esferas, na primeira onda já fomos forçados a demitir funcionários, muitas atividades tornam-se inviavéis diante deste cenário de incertezas. Sabemos e valorizamos a VIDA, porém tem que ser apresentada uma contrapartida pelo Estado e pela administração municipal..."





SÃO PAULO


Com a fase vermelha, lojistas de Shopping, comerciantes de rua e prestadores de serviços falam em demissões e pedem pausa no pagamento de aluguéis.


Os empresários dos setores mais atingidos com as medidas de restritivas afirmam terem sido pegos de surpresa com a volta da quarentena, foi uma medida surpreendente, e pode vir a provocar uma onda de inadimplência entre as empresas, algumas associações empresariais afirmam alternativa mais eficaz, que deveria ter sido adotada pelo poder público seria testagem de rebanho na população e um maior número de ofertas de leitos na rede publica municipal e do Estado.


Empresários com a forte queda no faturamento deverão ser reabertas as discussões entre os donos do pontos comerciais, e os locatários, tendo como pauta central, a ser discutida, a flexibilização das cobranças dos aluguéis pelo período em que as portas dos estabelecimentos permanecerem fechadas.


FASE VERMELHA - SÃO PAULO


A fase Vermelha, decretada pelo Governado João Dórea, em todo Estado de São Paulo, afetou , em cheio, o setor de comércio e Serviços. Os 182 Shoppings equivalem a 1/3 do mercado nacional.


197 visualizações0 comentário

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now