• Redação Nacional

Esquizofrenia: Polícia encerra sequestro em estação de metrô de São Paulo


A mulher que era mantida mantida refém dentro da estação de metrô da linha 5-Lilás Adolfo Pinheiro, na zona sul de São Paulo, foi libertada. O Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) foi ao local e conseguiu dominar o sequestrador. 

Segundo disse ao programa Brasil Urgente o tenente-coronel Valmor Racorti, o homem tem esquizofrenia e não havia tomado a medicação. A mulher ficou como refém por duas horas.


CONTINUA APÓS PUBLICIDADE


O homem foi encaminhado para uma delegacia de polícia e a vítima está bem. A linha 5-Lilás está operando normalmente, mas a estação Adolfo Pinheiro está fechada. 


Nota do Redação: ESQUIZOFRENIA



O quadro de esquizofrenia é marcado por sintomas muito característicos e expressivos como delírios, alucinações, desorganização da linguagem, catatonia, entre outros. Para início de diagnóstico, o paciente deve apresentar um ou mais sintomas por, pelo menos, um mês.


A esquizofrenia tem forte componente genético e costuma vir após o período conhecido como disfunção social/ocupacional por seis meses, onde alguns sintomas começam a aparecer de fato. A esquizofrenia é subdividida em paranoide, indiferenciada, desorganizada, residual ou catatônica.


A esquizofrenia foi subdivida de acordo com a psicopatologia, com o curso e com a resposta ao tratamento:


– Esquizofrenia paranoide: persistência dos delírios auditivos e da sensação de perseguição. É a forma mais comum da doença.


– Esquizofrenia indiferenciada: além dos delírios e das alucinações, ainda há indícios de incoerência e desorganização grosseira do comportamento.


– Esquizofrenia desorganizada: não ocorrem delírios, mas há o comportamento catatônico, desorganizado, inadequado e embotado.


– Esquizofrenia residual: sem delírios, mas com retraimento, dificuldade em expressar sentimentos e diminuição da capacidade de sentir prazer e energia.


– Esquizofrenia catatônica: É uma forma rara da doença e tem como principal característica o transtorno motor (hiperatividade ou diminuição de atividade motora e de postura).


Fontes: Redação, Agência Estado e https://www.psiquiatraportoalegre.med.br / Foto: Google Street



"O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."

7 visualizações0 comentário

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now