• Redação Nacional

Ex-secretário de Saúde questiona, "Até onde vai parar a saúde do município" queremos de respostas


RMS - Uma das cidades com a maior arrecadação, em todo estado da Bahia, (7ª arrecadação), Simões Filho, integrante da RMS - Região Metropolitana de Salvador, vive momentos de grandes incertezas, a mais de 30 dias, é administrada sob o alegado Estado de Calamidade Pública, solicitado pelo prefeito Diógenes Tolentino - MDB e ratificado por decisão dos Deputados Estaduais, após aprovação pelo plenário da ALBA - Assembleia Legislativa.


ATÉ ONDE VAI PARARA A SAÚDE DO MUNICÍPIO


Com autoridade que lhe é conferida por 4 mandatos de Vereador, e ex-secretário de Saúde de Simões Filho - Dr. Alfredo Assis de Santana Neto, vereador com mandato e eleito pelo PP, amplifica a vos da população e faz as seguintes ponderações e afirma a população de Simões Filho precisa de respostas:


Solicito da prefeitura Municipal de Simões Filho, através da secretária de saúde Sra. Iridan Brasileiro, a cópia do protocolo ou plano de ação emergencial e atendimento em atenção a pandemia de covid -19 na manutenção do sistema único de saúde do nosso município.


Em anexo é importante, anexar o protocolo de atendimento, realizados para com os pacientes de covid-19, com diagnósticos classificados com sintomas leves, moderados e graves, levando-se em consideração que a população, simõesfilhense, tem buscado atendimento médico no município de Salvador, precisamos dos dados relacionados à busca ativa de usuários de Simões Filho,em sua referência e contra referência.


"COVIDÁRIO"

São muitos questionamentos surgem a cerca da contratação, montagem da estrutura, intitulado "Covidário", recentemente instalado no estacionamento da UPA-SAMU-Simões Filho, que ao basear-me em meus conhecimentos como médico, coloca a população, profissionais de saúde, em constante risco de contaminação cruzada em uma unidade de saúde com maior números de atendimento médico de urgência e emergência do município.



LOCALIZAÇÃO ESTRATÉGICA


Após estudos realizados identificamos outras possibilidades, com localização estratégica que trariam uma maior segurança sanitária, na implantação de uma unidade de apoio ao pacientes Covid19.


Permitindo uma economia de recursos, segurança aos pacientes, profissionais de saúde envolvidos no combate ao coronavírus: Ginásio de Esportes, Praça da Bíblia, Praça da Bandeira e, principalmente, o espaço do campo do Estádio Edgard Santos, locais que permite boa acessibilidade, conforto e principalmente diminuiria o risco de contaminação.


RELATÓRIOS QUANTITATIVOS


Inclui-se na referida solicitação que sejam inclusos os relatórios contendo os atendimentos de urgência e emergências para os casos crônicos e agudos, como Infartos, acidentes vascular cerebral, dengue, etc... patologias que são responsáveis por causar alto índice de óbitos.


É necessário constar informações sobre os atendimentos de atenção primária à saúde, e se estão sendo mantidos, conforme preconiza os protocolos de atendimentos em hiperdia, pré -natal, vacinação de rotina, curativos e principalmente manutenção de dispensação de medicamentos nas farmácias das unidades.


TERCEIRA IDADE


É importante fornecer as informações relacionadas à Campanha Nacional de Vacinação - 2020, quais foram os percentuais de vacinação para as categorias iniciais da campanha?

Principalmente para termos a exata noção da imunização dos nossos idosos e profissionais de saúde. A vacinação contra H1n1 qual foi o percentual, atingido por Simões Filho, alcançamos a meta exigida pelo Ministério da Saúde como o ideal?


EPI'S - SAÚDE

É grande a nossa preocupação e de toda população de Simões Filho, que sejam atualizadas e divulgados pela Secretaria de Saúde, os protocolos de proteção individual aos profissionais de saúde e em caso de afastamento, como se dará(Ou como vem acontecendo) o apoio psicológico aos profissionais que prestam serviços à Rede Municipal de Saúde, incluindo nossos colegas( Médicos, Enfermeiros e todos que integram a Equipe Multiprofissional de Saúde, e como está acontecendo a substituição dos mesmos no período da quarentena de 14 dias.

SÍNDROME GRIPAIS

Cabe ainda solicita da secretária, Sra. Iridan Brasileiro, como estão sendo realizados os atendimentos de gestantes no momento do parto e puerpério, bem como quais as medidas de proteção e cuidado com os recém nascidos a termo, (nascido no tempo certo), prematuros, e se estão sendo garantido um local, sem risco de contaminação.

Para onde serão direcionados os pacientes com síndromes gripais, visto que, nesse momento durante a triagem todos são, em uma primeira avaliação, diagnosticados como suspeitos de covid-19.


O protocolo indica ser necessário encaminhar para um único local, acolher e atender os pacientes-usuários garantindo o critério de não contaminação,em casos positivos.


Dr. Alfredo Assis Santana Neto

Vereador - PP

Ex-secretario de Saúde Município de Simões Filho


"O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.


Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."

Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

0 visualização

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações