• Redação Nacional

Filho de Lobão, Márcio, ocultou R$ 6,4 mi na Suíça e acumula patrimônio milionário


A força-tarefa da Operação Lava Jato apontou operações financeiras suspeitas do filho do ex-senador Edison Lobão (MDB), preso na terça-feira (10), no âmbito de sua 65ª fase, chamada Galeria. A investigação mira em crimes de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo a Transpetro, subsidiária da Petrobras, e a Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará.


De acordo com a PF, Edison Lobão, ex-senador e ex-ministro de Minas e Energia dos governos Lula e Dilma, e seu filho Márcio teriam recebido, entre 2008 e 2014, cerca de R$ 50 milhões em propinas.


A força-tarefa afirma que “em decorrência de todas estas operações de lavagem de dinheiro que efetuou depois que seu pai assumiu o Ministério de Minas e Energia, Márcio Lobão fez com que seu patrimônio declarado perante a Receita Federal saltasse de R$ 8.903.495,91, em 31/12/2007, para R$ 44.187.850,79, em 31/12/2017”.


A força-tarefa também aponta que Márcio Lobão, até março de 2017, não havia declarado depósitos e aplicações financeiras em contas bancárias na Suíça.


Os procuradores especificaram as transações: (i) contas mantidas nas instituições financeiras Julius Bär e Credit Suisse, ambas na Suíça, que totalizavam, ao final de 2015, em reais, o montante de R$ 6.447.808,92; (ii) 37 (trinta e sete) aplicações em ações e fundos de investimentos nas instituições financeiras Julius Bär e Credit Suisse, ambas na Suíça, que totalizavam, ao final de 2015, em reais, o montante de R$ 553.298,01.


Eles ressaltam que “dezoito dias depois de ter sido alvo de buscas e apreensões, Márcio Lobão encaminhou para a Receita Federal, via programa Receitanet, retificações de suas Declarações de Imposto de Renda relativas aos anos calendários de 2012, 2013, 2014 e 2015”. “As retificações tiveram por objetivo incluir depósitos em conta corrente e aplicações financeiras na Suíça, que até então não haviam sido declaradas ao Fisco”, afirmam os procuradores.


" O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.


Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."


Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

0 visualização

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações