• Redação Nacional

Morte de negro por policiais em Atlanta gera novos protestos


NOVA YORK: A morte de mais um homem negro por um policial branco nos Estados Unidos provocou uma nova série de protestos contra o racismo neste sábado (13) e levou à renúncia da chefe da polícia de Atlanta, Erika Shields.   

O caso ocorreu na noite da última sexta-feira (12), por volta das 22h30 (horário local), após dois policiais serem chamados para investigar um homem dormindo dentro do carro, no sistema de drive-thru da cadeia de restaurantes Wendy.   

Na ocasião, segundo as investigações, depois de dar positivo para o teste alcoólico, Rayshard Brooks, de 27 anos, teria agredido os agentes e se apoderado de um “taser” (arma que emite uma descarga elétrica) da polícia. Ele foi baleado na sequência, quando supostamente se preparava para usar a arma contra os policiais. A tragédia provocou uma nova onda de protestos na cidade da Geórgia, depois das turbulentas manifestações após a morte de George Floyd, asfixiado por um policial branco, em Minneapolis.   

Milhares de manifestantes invadiram as ruas da cidade da Geórgia para demonstrar sua raiva pelo uso excessivo da força pela polícia. O restaurante Wendy em Atlanta, no qual o afro-americano foi baleado e morto, foi incendiado. Pelo menos 36 pessoas foram presas. Os agentes jogaram gás lacrimogêneo nos manifestantes e fecharam a estrada interestadual que levava ao local.


A saída da chefe da polícia aconteceu logo depois do início dos atos. O diretor do Escritório de Investigação da Geórgia, Vic Reynolds, por sua vez, afirmou que o tiroteio foi filmado pelas câmaras de segurança e por celulares de testemunhas. Segundo ele, as imagens vão ser divulgadas.   

Um dos agentes envolvidos foi demitido e o outro foi transferido para realizar serviços administrativos. O primeiro foi identificado como Garrett Rolfe, que integra a corporação desde 2013. Já o segundo é Devin Brosnan, contratado em 2018, conforme comunicado do porta-voz da polícia, sargento John Chafee.


Fonte: Agência ANSA

" O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.


Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto

queremos."


Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados

4 visualizações

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações