• Redação Nacional

Velocidade da Luz II: Vereadores aprovam Pareceres em tempo recorde

Simões Filho: Conforme levantamento realizado junto à Secretária Estadual de Fazenda, do Estado da Bahia, é um município que está entre as 10 maiores arrecadações do estado. Sempre figurando entre os 10 maiores beneficiados com a distribuição de recursos pelo Governo do Estado.


Mesmo diante desta incontestável informação a saúde financeira da cidade de Simões Filho, segundo informações transmitidas desde 1 de Janeiro de 2017 - inicio da gestão atual, denominada da Boa Terra Boa Gente, vai de mal à pior.


O prefeito Diógenes Tolentino - Dinha - MDB, desde os primeiros pronunciamentos, sempre afirmou que herdou uma cidade, financeiramente endividada e sem recursos em caixa.


As comissões recebem o PL - Projeto de Lei, e em uma avaliação, em tempo recorde, emitem os pareceres, sempre favoráveis, e o presidente, coloca em pauta para votação. O governo da Boa Terra Boa Gente, ciente da maioria e com a certeza do "AMÉM", recebe a aprovação dos seus PL - Projetos de Leis, sem que o Legislativo, faça uma avaliação criteriosa das consequências da referida aprovação.


PRESIDENTE CÂMARA - EDITAL DE CONVOCAÇÃO


O presidente da Câmara, Vereador Orlando de Amadeu é um político de larga experiência legislativa, e consta em seu histórico político, fortes críticas em legislaturas anteriores, sobre o excesso de PL Projetos de Leis, encaminhados à época passadas, sempre com a expressão de Urgente Urgentissímo, ele sempre reclamou que as comissões e vereadores, não tinham tempo hábil de avaliar e analisar os Projetos de Lei, e que os prazos não eram obedecidos.


AGORA O OPOSTO DO QUE DISSE ANTES


Agora, como presidente da Câmara Municipal de Simões Filho, Orlando de Amadeu, rasga suas próprias convicções e, para atender os anseios da atual administração, divulga Edital de Convocação dia 06, em obediência ao Art. 50 do RI - Regimento Interno, em sua alínea a, para que os vereadores atendam ao oficio do executivo de nº 064/2019 elaborado, em 02 de agosto de 2019. Orlando de Amadeu, assim com Raulzito, e um político em plena metamorfose ambulante.

VELOCIDADE DA LUZ


"GRANDE LÍDER", Sua excelência o Prefeito, Líder do Poder Executivo elabora um oficio dia 02 de agosto, (não dispomos da informação de quando o referido oficio foi protocolado no setor de Redação e Debate...), e Vossa excelência e Presidente Orlando de Amadeu, já no dia 06 do mesmo mês, convoca a 13ª Sessão Ordinária para o dia 8 de Agosto.


Conforme abaixo relacionado, a pauta é extensa e complexa. Pois, os temas tratados irão inflacionar, inchar o já combalido caixa da Prefeitura Municipal de Simões Filho.


No documento publicado, que ora anexamos à matéria, está determinado que os vereadores foram convocados para analisarem os pareceres das Comissões Permanentes de Justiça, Finanças, Transporte e Defesa dos Direitos das Mulheres, para em PRIMEIRA e ÚNICA VOTAÇÃO.


VOTAREM e APROVAREM:


Projeto Lei - 013/2019, que altera a Lei 1043/2017 - Que dispõe sobre contratação de operação bancária, (EMPRÉSTIMO), 5 Milhões de Reais, a ser contraído junto ao Banco do Brasil.


Projeto Lei - 014/2019 dispõe sobre o CRAM - Centro de Referência de Atendimento a Mulher em Situação de Violência, Núcleo Acolhe Servidor, alteração da estrutura organizacional da Administração Pública Municipal, além de outras providências.


Participaram da reunião o presidente da Câmara, Orlando de Amadeu (PSDB) e os vereadores Arnoldo Simões (PRB), Adailton Caçambeiro (PRP), Canjirana (PSL), Cleiton Bolly Bolly (SD), Del (SD), Elimário Lima (PSDB), Eri Costa (DEM), Everton Paim (PSD), Jailson ‘Jajai’ (PP), Laécio Valentim (PSB), o líder do governo, vereador Manoel Almeida ‘Neco’ (PSD) e Vel Silva (PRP), além da assessoria da Procuradoria Jurídica do Legislativo.


O cidadão, eleitor, pode perceber mesmo sem ser mestre em administração pública, que trata-se de temas complexos, e que portanto, merecia uma avaliação e estudo mais amplo por parte, dos responsáveis por FISCALIZAR, conforme determina a Constituição, O PODER EXECUTIVO, já que são harmônicos e independentes entre si. Mas, diante do apoio incondicional, o Poder Legislativo, em Simões Filho, continua, parece-nos, agindo como uma extensão da PMSF.


MESA DIRETORA: Ainda decidiram os Edis, sobre os projetos da Casa, Resoluções 002/2019, sobre regras do sistema de telefonia móvel da Câmara, 003/2019 sobre guarda, conservação e abastecimento dos veículos oficiais da Casa Legislativa e 004/2019 concessão Medalha 2 de Julho.


Fica a interrogação, sem resposta, de quais foram as motivações e interesse de agir com tamanha rapidez em aprovar os itens acima...?


- Empréstimo junto ao BB - (Sem explicar à sociedade, qual o custo destes empréstimos, e quais foram as garantias apresentadas ao Banco).

- Criação de mais cargos, em uma Folha de Pagamento, sabidamente já inflacionada.


A Casa Legislativa não deve ser subordinada ao Poder Executivo, pois todos os 19 Vereadores, deveriam agir e prestar conta das suas ações e votos, tão somente, ao Eleitor-Cidadão, o verdadeiro PATRÃO dos Vereadores, Prefeito, Deputados, Senadores e Presidente da República.


Vossas Excelências, não duvidem do poder do POVO, 2020 está próximo.


"O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.


Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."


Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.


174 visualizações

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações