• Redação Nacional

Santa Fé: Em decisão inédita, Vaticano nomeia seis mulheres para o Conselho de Economia


O papa Francisco nomeou seis mulheres, duas delas espanholas, como especialistas laicas para que integrem o Conselho de Economia, que supervisiona as atividades administrativas e financeiras da Santa Sé, anunciou o Vaticano em um comunicado. É a primeira vez que o Vaticano nomeia mulheres para este organismo criado em 2014 pelo papa Francisco e composto por 15 membros, oito deles cardeais ou bispos.


O cardeal Reinhard Marx, arcebispo de Munique e Freising, continuará coordenando este comitê, mas o papa decidiu renová-lo amplamente ao nomear 13 novos membros, seis deles cardeais e sete especialistas não religiosos. Entre os novos especialistas, há seis mulheres das esferas acadêmica, política e financeira.


María Concepción Osácar Garaicoeche e Eva Castillo Sanz


Duas delas são espanholas: María Concepción Osácar Garaicoechea, presidente do conselho de administração de Azora Capital e Azora Gestión, e Eva Castillo Sanz, jurista e economista. Há também duas alemãs: Charlotte Kreuter-Kirchhof, professora de direito na Universidade Heinrich-Heine de Dusseldorf, e Marija Kolak, presidente da Associação alemã de bancos e caixas populares.


E duas britânicas: Ruth Mary Kelly, ex-ministra trabalhista de Educação, y Leslie Jane Ferrar, ex-conselheira financeira do príncipe Carlos. O economista italiano Alberto Minali é o único nome entre os novos especialistas.


A Santa Sé também designou como novos integrantes religiosos do Conselho de Economia Péter Erdő, arcebispo de Eztergom-Budapest; Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo; Gérald Cyprien Lacroix, arcebispo de Québec; Joseph William Tobin, arcebispo de Newark (Estados Unidos); Anders Arborelius, bispo de Estocolmo; e o italiano Giuseppe Petrocchi, arcebispo do Aquila.


"O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.


Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."


Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

24 visualizações

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações