• Redação Nacional

Simões Filho, contabiliza mais um Feminicídio. Políticas Públicas para Mulher, é falha e inexistente


Feminicídio: A cidade de Simões Filho, volta a registrar mais uma ação violenta contra a mulher. Desta vez a vítima fatal foi Mariene Menezes de Oliveira, de 36 anos, atropelada pelo veículo Fiat Stilo de Placa JRG 7154, segundo as informações repassadas por populares.


Mais uma vítima de ato insano, praticado pelo seu ex-companheiro, Genivaldo Almeida Santos, de 37 anos, na noite do último Sábado/25, como desculpa para tamanha crueldade diz-se que o criminoso não aceitava o fim do relacionamento.


Fica evidente, em mais essa ocorrência a falência das ditas políticas públicas para mulheres.


SECRETARIA DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA MULHERES - BOA TERRA BOA GENTE


Um exemplo da ineficiência do atual governo, em promover políticas públicas para mulheres, dar-se, na gestão do prefeito Diógenes Tolentino - DINHA - MDB. Pois, mesmo com a criação de uma secretária especifica, as mulheres não foram contempladas com uma ação concreta e direcionada ao público feminino.


Sra. Andreia Almeida, responsável pela pasta, mesmo diante dos vários registros de ocorrências, de violência contra a mulher, assédio moral dentro da própria administração, jamais posicionou-se, de forma contundente, ou apresentou ações e projetos de sua secretaria, para dar acolhimento, atendimentos psicossocial às vítimas e suas famílias.


Diante da repercussão nas redes sociais, do caso em que foi vítima fatal a Senhora Mariene Menezes de Oliveira, a ação foi uma NOTA DE REPÚDIO, que reproduzimos abaixo:


NOTA DE REPÚDIO:


"A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SPM), da cidade de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), manifesta pesar e repúdio sobre o feminicídio, crime de ódio baseado no gênero, assassinato cometido contra Mariene Meneses de Oliveira, 36 anos.


O caso foi informado neste domingo (26), quando, infelizmente, Mariene Menezes de Oliveira, teve a vida interrompida. Segundo informações, o crime aconteceu de forma covarde, pelo ex-marido da vítima, separados há 10 meses. 


Quebre o silêncio e denuncie, disque 180. Procure ajuda, não podemos permitir que crimes sejam cometidos e vidas sejam ceifadas.


Precisamos encarar esses fatos com total repugnação e  continuarmos unidos, fortalecendo a rede de proteção às mulheres, para que o gênero não sofra pelo machismo enraizado que machuca, fere e mata, e todo e qualquer tipo de violência.


O município, por meio da SPM e Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram) - Nilda Fiúza, disponibiliza apoio jurídico e psicológico as vítimas e famílias, ao tempo em que nos solidarizamos com os familiares da vítima.


Seguiremos acompanhando o caso de perto e pedimos que as providências, quanto a punição do criminoso, sejam adotadas pelos órgãos responsáveis."


Nota do Redação:


É muito pouco, por parte da gestão e da SPPM se pronunciar apenas com a publicação de NOTA.


É necessário muito mais. Disponibilizar apoio, é ação passiva. Diante da gravidade do problema a gestão tem que ser mais proativa.


Já é tardio a apresentação de propostas, ações conjuntas com o Estado, buscar entidades de apoio com trabalhos comprovados no terceiro setor, as ONG´s, , e principalmente, amparar e proteger a mulher.


Está claro que a mulher está sendo "caçada" e o ESTADO e MUNICÍPIOS. a sociedade em geral e suas organizações estão, TODOS, falhando na sua obrigação constitucional de proteger e salvaguardar a vida da MULHER.


Homens, temos que repensar as ações, e parar, de imediato essa selvageria para com as mulheres, BASTA...!!!


" O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.


Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."


Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados

90 visualizações

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações