• Redação Nacional

Simões Filho: Denúncias, indicam que prédios públicos são usados para fins políticos


Simões Filho: Uma cidade com importância estratégica dentro da geopolítica do estado da Bahia, economicamente forte por estar entre as 10 maiores economia do estado, atualmente está em processo de Isolamento Social, atendendo ao Decreto 172/2020.

UM GOVERNO VÁRIAS CONTRADIÇÕES

Em seus depoimentos, após a promulgação do Decreto 172/2020, o prefeito Diógenes Tolentino de Oliveira - Dinha - eleito pelo MDB, declara em suas LIVE´S e nas entrevistas à imprensa, total concentração em administrar e proteger a população de Simões Filho dos riscos de contágio, diante da Pandemia do Covid19.


"Não estou preocupado com questões políticas, e sim em resolver os problemas da cidade, neste momento os esforços, do meu governo, estão concentrados no combate a essa pandemia causada pelo Coronavírus". afirma, Dinha.

As declarações de distanciamento das questões político partidárias, são contraditórias, pois são contestadas, por membros da sociedade diante dos vários atos oficiais, com a presença do prefeito Dinha, de ações político partidária incluindo os partidos da sua base aliada, que organizam-se na composição dos seus diretórios e a consequente divisão dos pré candidatos visando as eleições do próximo dia 4 de outubro de 2020, utilizando espaços públicos.

Inaugurado e entregue à população no dia 29.11.2019, junto com a Policlínica Regional de Simões Filho o Centro de Atenção Psicossocial (Caps AD), instalado na Rua Osvaldo Cruz s/n. foi entregue à Prefeitura de Simões Filho como mais uma opção à rede de atendimento Psicosocial da cidade.


CAP´s = Comitê Partidário

Desde então a estrutura, das novíssimas instalações do CAP´s, entregue pelo Governo Rui Costa, não está sendo disponibilizada para atendimento à população. Dinha, utiliza o novo equipamento como uma extensão da Prefeitura Municipal, realizando reuniões e coletivas de imprensa e agora, segundo informações extra oficiais, como local para reuniões políticas e na montagem do seu grupo na busca pela reeleição nas eleições 2020, do próximo 4 de outubro.


SEDESC


É a segunda denúncia, dentro de uma mesma semana, pois idêntica ação política ocorreu na sede do Serviço Social, conhecido como Centro Social Marta Alencar, pré candidatos a vereadores, edis com mandato, lideranças e militantes,ligados á gestão da Boa Terra Boa Gente reuniram-se com o líder do executivo, em ação político partidária nas dependências do prédio público, após o horário comercial.



AMEAÇA


Segundo vídeo publicado nas redes sociais, Elen Salvador, foi ameaçada por um dos seguranças do prefeito Dinha, sob argumento de ela como pré candidata, não teria direito de ficar em um espaço público. Ao após sentir-se ameaçada, Elen Salvador, registrou B.O - Boletim de Ocorrência, divulgado pela Equipe do PAPO DE CARONA.

As informações disponibilizadas, nas Redes Sociais, colocam em cheque o líder do Poder Executivo Municipal, imagens, vídeos, fotos, retratam mais uma das reuniões que sugerem uma força tarefa para definir e agrupar as lideranças políticas, candidatos e correligionários do governo da Boa Terra Boa Gente.


Redação Nacional: A equipe de jornalismo, manteve contatos com vários membros, do governo, solicitando informações sobre os fatos, aqui expostos. Porém, até o momento da publicação não obtivemos resposta. Exceto, da Sra. Vânia Santana, que informou desconhecer os fatos ocorridos na Sedesc. Ficamos à disposição para publicarmos a versão do governo Dinha - MDB.

163 visualizações0 comentário