• Redação Nacional

Simões Filho: O mesmo executivo, no primeiro escalão os mesmos secretários, porém mudou os salários


Simões Filho: Município da RMS - Região Metropolitana de Salvador, situado entre as 10 maiores arrecadações dentre os 417 municípios que foram o Estado da Bahia, continuará sob administração do MDB, após ter sido confirmada a reeleição do prefeito Diógenes Tolentino de Oliveira - DINHA.

Moradores do bairro Ilha de São João realizaram um protesto na manhã desta terça-feira 21.08.2018 - Ilha São João - Simões Filho - BA


Os eleitores depositaram 55,1% dos votos válidos em uma administração, que não proporcionou a ruptura administrativa, prometida durante a campanha das eleições 2016 - através do Plano de Marketing Político - PENSA SIMÕES FILHO. Na realidade, durante os 4 anos de governo, o principal investimento foram canalizados para Propaganda, e pagamento à empresas responsáveis pelo coleta de Lixo, JOTAGÊ, e privilegiadas construtoras que, apesar dos milhões em licitações pouco realizaram em ações de Limpeza de Canais, construção / Reforma da Escola Enock Pimentel, localizada na Ilha de São João - obra que até o momento trás dores de cabeça aos moradores da Copa I.

A Educação Municipal, marcou um triste retrocesso, com nota decrescente na avaliação do IDEB - Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Em tempo de pandemia Covid19, poucas foram ações efetivas para manter o conteúdo aos alunos, as famílias denunciam, nas Redes Sociais, o não recebimento dos valores referentes ao auxílio merenda.

Mariza Pimentel, assumiu, já no final do mandato, alavancou votos para o esposo, agora terá que dizer a que veio, a educação pede socorro, os professores Reda pedem piedade, e os alunos merecem muito, muito mais...


Reforma do Mercado Municipal, foi outra intervenção feita sem planejamento, com milhares de famílias impedidas de exercerem suas funções, ampliando as dívidas e incertezas, sem a garantia de que após o término da referida reforma eles terão garantido o direito de retornarem ás suas atividades

O Sistema Municipal de Transporte, se apresentava deficiências, tornou-se um caos. O Secretário de Mobilidade Urbana, e vereador eleito Jackson Bonfim, não apresentou durante os últimos 4 anos, nenhuma evolução, melhora, ordenamento, a cidade continua com péssima sinalização horizontal / Vertical, Semáforos apresentam sistemáticos problemas, proliferou-se a instalação, de Quebra-Molas, por toda cidade sem um estudo da sua viabilidade. E os Ligeirinhos, continuam sendo a salvação, irregular, mais quem não é neste atual e caótico sistema de transporte.


Habitação, foi uma outra pasta que serviu, exclusivamente para dar salários aos membros do grupo político do prefeito reeleito. Em 4 anos, pouco ou quase nenhum projeto de habitação popular foi implantado na cidade de Simões Filho.


Serviço Social, inexistiu. Com a responsável pela pasta ficou preservada, blindada, não deu quaisquer declaração aos veículos de comunicação, exceto matérias produzidas, pela própria assessoria de comunicação do executivo. As distribuições de cestas básicas, como uma passe de mágica, surgiu em período de campanha eleitoral...


Secretaria de Ordem Pública, se for extinta, não fará falta e ainda trará economia aos cofres municipais, idem Secretária de Políticas Públicas para Mulher, apesar da importância da nomenclatura, realizou muito pouco, ou quase nada, em prol da mulher. Aguarda-se com ansiedade, quais serão os projetos futuros, uma vez que o prefeito já confirmou a continuidade da Sra. Andreia Almeida à frente da referida secretaria.


Manoel Almeida, reprovado nas urnas, tentou a reeleição pelo DEM, ex-vice-prefeito, encerrou o mandato como líder do atual governo na Câmara, assumirá, por méritos em administrações anteriores e recompensa, a SESP - Secretaria de Serviços Públicos, tem experiência, é trabalhador, e caso tenha liberdade para realizar suas tarefas poderá resolver uma das deficiências da gestão dita da Boa Terra Boa Gente. Neco, eleito em 2016 pelo PSD, não conseguiu apoio nas urnas dos eleitores do grupo liderado pelo prefeito Dinha e perdeu espaço junto aos eleitores que votam PSD, assim ficará fora do Legislativo, retornando ao Executivo onde sente-se mais à vontade.


A busca por fomentar o Comércio e a Indústria, foi um ponto fora do Pensa. Com sucessivas trocas, somando mais de 5 secretários, houveram captações, entretanto as sucessivas mudanças causaram adiamento e até a desistências de novos projetos, aliado à retração econômica causada pela pandemia, neste novo mandato a SEDEC, terá de volta o ex-secretário, Conselheiro, Nilton Novaes. À época da sua saída, em 09.05.2017, Dinha, chorou...Nilton Novaes havia dito que precisava cuidar dos seus negócios, dar mais atenção ao núcleo familiar.


Com o seu retorno é de se supor que tudo vai nos negócios às mil maravilhas, apesar da pandemia e a família já terá que se contentar com um pouco menos de atenção.


LUMINOSIDADE E DECORAÇÃO


Porém, faça-se LUZ e "Decoração Natalina", e com a qualidade FORTELUZ, essa super empresa empresa do nosso município vizinho, Camaçari pela bagatela de "apenas"... R$ 359.972,32 ( Trezentos e Cinquenta e Nove Mil, Novecentos e Setenta e Dois Mil e Centavos).

Saúde, é uma pasta que ficou prejudicada por conta do surgimento do Covid19, e as alterações no comando também causou um certo racha no grupo, Iridan Brasileiro, terá grandes desafios para superar, colocar a saúde nos trilhos, e paralelamente, dar uma resposta muito mais eficaz no enfrentamento ao Covid19.


Meio Ambiente, Elias Melo, foi burocrático. Pediu demissão, através de um programa de rádio, e ficou, até o final do mandato, sem ação, sem força, mais recebendo o gordo salário. Agora a pasta terá o comando do Vereador reeleito - Genivaldo Lima - DEM, que ao assumir abriu vaga para o Pastor Evan Jorge. Genivaldo Lima, foi por 3 meses o titular da Sedur, será que agora no Meio Ambiente lhe será dado, pelo prefeito, o direito de montar a equipe para produzir melhores resultados, em comparação ao seu antecessor...??? Só o tempo produzirá a referida resposta... Aguardemos.


Logo nos primeiro discurso, o líder do Executivo, já anunciou que em breve será anunciada uma série de eventos para Assinaturas de OS - Ordens de Serviço, o mesmo expediente utilizado durante a campanha da então vereadora e deputada eleita, Kátia Oliveira - MDB a primeira dama. A lamentar nenhuma menção, ou mensagem, às 68n famílias que perderam parentes por conta do Covid19, tão pouco qual serão as ações, efetivas ao combate à esta Segunda onda...


Propaganda, essa é a privilegiada da administração, somente em um contrato de aditivo, assinado no final de dezembro, por 3 meses, mais de R$ R$ 600.000.00 - para ser exato. R$ 650.000.000,00 - Seiscentos e Cinquenta Mil Reais - talvez explique-se o número de Outdoor's agradecendo os eleitores, sempre com a imagem do prefeito e da deputada Kátia Oliveira, à frente a figura de um dos vereadores eleitos pela base, será abuso de poder econômico...? aí somente os órgãos fiscalizadores haverão responder.


Contrariando os valores recebidos pelos professores municipais, Professores Reda...


A decisão de recomposição salarial ao líder do executivo, é uma afronta neste momento de crie financeira causada pela retração econômica e, principalmente, pela pandemia Covid19.


Ao contrário do Salário do saudoso, Professor Raimundo, interpretado pelo mestre Chico Anysio, que sempre protestava, com inteligência e humor, dos baixos salários pagos aos professores, dizendo... E o Salário Ohhhhhhh....!!! ,(Fazia o sinal de pequenininho...),


O prefeito de Simões Filho não pode reclamar, com o salário dá para comprar uns pãezinhos. Vejam, abaixo.


Assim inicia-se, 2021, com o segundo mandato do prefeito Diógenes Tolentino Oliveira legitimado pelo voto de 55,1 dos eleitores. Porém, não tratou-se de um cheque em branco, que este mandato seja exercitado, e respeitado, o direito à liberdade de imprensa e expressão, pois as pautas que apresentam os erros, inconformidades administrativas, fazem parte do exercício da Democracia.


Nestes 3 primeiros dias de 2021 fica, explicita, a sensação de que continua tudo como antes.


Basta verificar o anúncio do secretariado, é muito mais, do mesmo. E, oportuno, no futuro quem sabe REPENSAR, Simões Filho...??


Fonte: Redação Nacional


"O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."

64 visualizações0 comentário