• Redação Nacional

Simões Filho: Para o executivo tudo é urgente e o Legislativo, atropela o próprio Regimento Interno


Simões Filho: É do conhecimento de todos os eleitores, de que o poder que um vereador possui, não está relacionado à execução de uma obra, seja esta uma simples troca da lâmpada de um poste ou a construção de uma escola.


MAIS UMA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA


Causa surpresa os fundamentos, utilizados pelo Executivo, através do prefeito Diógenes Tolentino - Dinha - MDB, em exigir do LEGISLATIVO, uma SESSÃO específica para leitura e votação em única discussão de uma matéria que poderá ser aprovado PL - Projeto de Lei, que trará mais despesas aos cofres públicos, com a preposição de Bolsa Auxilio no valor de R$ 500,00 aos ambulantes, no último mês de 2019, se aprovado os pagamentos irão ser iniciados em 2020, em plena campanha eleitoral, com o prefeito DINHA em campanha por reeleição, é uma ação que poderá ser interpretada, conforme sumula vinculante, como compra de votos...??


Publicidade


URGÊNCIA...??? COMO ASSIM...???


O atual grupo político que comanda os poderes Executivo e Legislativo, quando faziam parte da oposição, sempre contestaram o envio de Projetos de Lei, para apreciação e votação, com pouco prazo para avaliação e análise dos membros do parlamento. Faziam fortes protestos os vereadores Genivaldo Lima, Dene Canaã, e a Deputada Kátia Oliveira, para espanto dos eleitores, o prefeito Dinha - MDB, age com maior pressão e desrespeito aos prazos, atropelando a independência do Legislativo com a plena aceitação do presidente Orlando de Amadeu.


O projeto lido em 3 de dezembro de 2019, desde então não aconteceu reunião das comissões permanentes para emissão dos pareceres, conforme vídeo publicado pelo vereador Sandro Moreira, reclamando da ausência dos pares, em uma sala de reunião esvaziada... presentes Arnoldo Simões - PRB e Manoel Carteiro - PSB.


FALTA DE DECORO, ÉTICA X REGIMENTO INTERNO


Outro flagrante desrespeito ao RI - Regimento Interno, é a inclusão na pauta da Sessão Extraordinária, ter em sua ordem do dia, a inclusão da avaliação e votação da sindicância 001/2019, de autoria do Vereador Luciano Almeida, em desfavor ao Edil Adailton Santos de Andrade, acusado de ter praticado agressão física durante reunião das Comissões Permanentes de Justiça e Finanças, conforme fotos amplamente divulgadas pelo agredido nas redes sociais.


PODER INDIRETO


Poder é indireto, pois ele pode apresentar uma emenda à Lei Orçamentária, sujeita à votação, ou por meio de uma Indicação ou requerimento enviado ao prefeito. Através destes instrumentos, o vereador poderá solicitar a realização de uma obra, mas sempre dependerá da ação ou não do Poder Executivo.


Na 35ª Sessão Ordinária, na Câmara de Simões Filho o vereador Everaldo da Silva - Vel do Povo, fez uma forte cobrança ao prefeito Dinha, uma vez que, segundo ele, várias de suas indicações à favor do Bairro Simões Filho I, não estão sendo executadas pela equipe do líder do executivo, Prefeito Dinha - MDB.


"Vel do Povo" questionou os milionários pagamentos, de mais de 20 Milhões de Reais, pagos às Construtoras LN e AMM, segundo o vereador empresas sediadas no município de Camaçari.


SÃO 4 AS PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES DOS VEREADORES


Representar (os eleitores e a comunidade), legislar (em defesa do bem comum), fiscalizar (a aplicação do dinheiro público) e assessorar (encaminhamento de indicações ao prefeito e secretários municipais). O vereador fala em nome da população, do partido político que representa e de movimentos organizados, devendo realizar seminários, debates e audiências públicas como meios de ouvir e de permitir que sejam ouvidos os interesses da comunidade em geral.


Cabe a ele fiscalizar os atos do prefeito na administração municipal, principalmente no tocante ao cumprimento da lei e da boa aplicação e gestão dos recursos públicos. A fiscalização acontece também por meio de análises do Plano Diretor e da atuação das comissões especiais com os objetivos de discutir e aprovar o orçamento anual - a Lei de Diretrizes Orçamentárias - que define onde e como aplicar o orçamento do município.


Assim segue o jogo da vida, e da velha política na Boa Terra Boa Gente...


Repensar, é preciso Simões Filho.


" O jornalismo tem o papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.


Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."


Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados

63 visualizações

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações