• Redação Nacional

Simões Filho: Secretários faltam a compromisso público


Em Simões Filho discute-se como nunca antes visto, na história do município, as questões relativas ao meio ambiente. A população posiciona-se contrária a implantação da Central de Resíduos Sólidos, chamado por ambientalistas e comunidade de “LIXÃO”.



LIXO DOMÉSTICO


A empresa JOTAGÊ, ligada à família do ex-governador Paulo Souto – DEM, um dos apoiadores da candidatura do prefeito Diógenes Tolentino – Dinha, que também é da base política do prefeito de Salvador, ACM Neto presidente Democratas na Bahia.


Lembrando que o referido empreendimento está sendo construído em área onde está localizado sob o Aquífero de São Sebastião e devastando uma área de preservação ambiental no Vale do Itamboatá, região que abriga uma comunidade quilombola e outros projetos sociais de cunho ambiental.


FALTA DE COMPROMISSO


Em uma administração que se intitula da Boa Terra Boa Gente, custa acreditar tamanha falta de compromisso dos secretários primeiro escalão da administração do prefeito Diógenes Tolentino – Dinha – MDB.


Na última quinta feira, aconteceu na Secretaria da Cultura de Simões Filho um encontro preparatório para a construção do diagnóstico participativo sobre resíduos sólidos (lixo) , com o representante da Brasilencorp, Daniel Girão, contratada pela PRODETUR, através da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia. Presentes Mara Sodré - SEDEC, Dahvi e Thays - Terra Mirim, Magno Reis, Lucas Rupiara - SECULT


Foto: Redação Nacional


AUSÊNCIA


Apesar de terem sido convidados, via e-mail, os secretários das pastas, não deram a menor importância, foram ausentes e não enviaram ao menos um representante, mesmo diante do fato relevante a ser discutido, as secretarias de:


Meio Ambiente, Infraestrutura, Obras, Agricultura, Saúde, Educação, Administração, Limpeza Urbana - JOTAGÊ, Cultura.


A reunião foi realizada em uma mesa improvisada, sem condições de acomodação, utilização de equipamentos áudio visuais. Todos foram, pessimamente acomodados em uma mesa circular, na área comum térreo inferior do prédio onde funciona a Secretaria de Cultura.


Foto: Redação Nacional



Enquanto Elias Melo, estava reunido com o Conselho Municipal do Meio Ambiente, com no máximo 10 representantes no auditório do prédio.


Difícil explicar tamanho descaso...


RepensaDinha na atuação do seu secretariado. Newton Novais, foi perfeito em sua avaliação já passou da hora de fazer uma reforma administrativa. Muitos dos nomeados não justificam o alto salário recebido dos cofres da prefeitura de Simões Filho é um fardo no bolso do contribuinte.


Nota Redação Nacional: Estamos amplificando a voz da população de Simões Filho. E, o editorial Redação Nacional, sempre lembrará das lutas e empenho do grande líder Binho do Quilombo. A foto, em destaque é uma homenagem ao seu compromisso com o bem estar da comunidade Quilombola e ao meio ambiente. Binho, Vive...!!!

0 visualização

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações