• Redação Nacional

Simões Filho, segurança pública. Ficou só na promessa



Em uma das várias propostas contidas no PENSA SIMÕES FILHO, questões relacionadas à segurança pública a população da cidade de Simões Filho, continua em compasso de espera.


Apesar de ser atribuição do governo do estado, a administração da Boa Terra Boa Gente, fez várias propagandas e investimento nas chamadas Bases Militar, alugando imóveis, com preços acima da média e a longo prazo.


Prometendo à população ações de segurança preventiva. Ou seja, a presença dos membros da Polícia Militar, inibiria a ocorrência de assaltos e as demais ações da marginalidade.


BASES SEMPRE FECHADAS


Apesar de toda publicidade, a realidade é que apesar do valor pago em alugueis as várias Bases Militares, cremos que em virtude do baixo contingente de viaturas e policiais, atribuição do estado, permanecem fechadas e sem a presença dos militares. Não trata-se de um julgamento ao valoroso trabalho realizado pela 21' CIPM, e sim uma constatação através dos registros fotográficos, em dias e horários alternados realizados pela equipe do Redação Nacional.


No último dia 27, dentro da agência Bradesco, ocorrência no Centro da cidade à poucos metros de uma Base da PM, Janailton Lobo da Silva, 48 anos, foi morto, às 21h. A vítima estava sacando dinheiro, quando homens chegaram e efetuaram disparos, atingindo diversas partes do corpo, .


SEGURANÇA PÚBLICA

A Polícia Militar e seus valorosos policiais não podem servir de ferramentas de marketing. Exige-se ações planejadas e em conjunto com a Secretária de Segurança Pública do Estado, para uma avaliação conjunta das reais necessidades da PM e Polícia Civil, na prestação dos serviços de prevenção, investigações na cidade de Simões Filho.



Base - BA - 093


Base - CIA I



Base - CIA I



56 visualizações0 comentário