• Redação Nacional

STF, em breve terá as provas de Moro


A demissão de Moro não é o fim para ele. Pode ter sido o início da derrocada de Bolsonaro, dada a gravidade das denúncias feitas pelo ex-juiz. Tudo o que Moro disse é passível de crime de responsabilidade por parte do presidente. Ele garante ter as provas das acusações: Bolsonaro queria, de fato, interferir na PF com a demissão do diretor-geral. O próprio presidente, em seu discurso para rebater as denúncias, confessou que “até implorava ao Moro” relatórios diários de inquéritos na PF e pedia sua ingerência em investigações no STF. Crimes confessos, suficientes para o impeachment do capitão. Sem contar que Bolsonaro fraudou a assinatura de Moro na exoneração de Valeixo. Foram pelo menos 7 crimes cometidos pelo capitão. O Congresso só não o tira se o Centrão se vender.


No STF


O sonho de Moro sempre foi o STF, mas é indecente a tese de Bolsonaro, segundo a qual o ex-juiz lhe sugeriu trocar a cabeça de Valeixo pela indicação ao Supremo. Se ele quisesse a barganha, era só ter aceito a demissão do diretor-geral. O fato é que Moro ainda tem chance de ir para a Corte. Basta Bolsonaro cair. Mourão o indicaria sem pestanejar.


Harvard


O ex-juiz nunca escondeu que gostaria de passar um tempo estudando em Harvard. Pode ser que o faça agora, voltando em 2022, às vésperas das eleições. Pode ter seu nome na cédula. Ou pode montar um escritório de advocacia com a mulher Rosângela, que também é advogada. Sem emprego não ficará: cinco governadores lhe ofereceram cargos nos Estados.


Arapongagem na PF?


O ex-ministro Bebianno disse que Carlos Bolsonaro queria implantar uma central de espionagem no Planalto e o chefe seria Alexandre Ramagem. Ele não permitiu. Carluxo, então, o levou para a Abin. Agora, os meninos de Bolsonaro o indicaram para a direção da PF, mas o ministro Alexandre de Moraes estragou a festa e suspendeu a posse. Bolsonaro aceitou o golpe e desistiu de indicar o amigo. Vai conseguir tutelar a PF?


"O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.

Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.

Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."

Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

48 visualizações

Receba nossas atualizações

redacaonacional

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Todos os direitos reservados para Milly Comunicação e Marketing. Orgulhosamente criado por admovan criações