• Redação Nacional

Vitória, com gol de pênalti, supera o CRB


Precisando conquistar pontos também longe do Barradão para se afastar da realidade de brigar somente para não cair a Série C, o Vitória conquistou um resultado fundamental diante do CRB em Maceió ganhando por 1 a 0, gol de pênalti feito pelo meio-campista Felipe Gedoz. O marcador na capital alagoana colocou o Vitória na 16ª posição com 17 unidades e fez o time anfitrião estacionar na oitava colocação com 23 pontos.

O time de Maceió assumiu a função de protagonismo por atuar em casa e, em melhor fase, bem que tentou abrir a conta investindo nas jogadas de velocidade pelos lados, porém errava bastante na hora de dar acabamento aos lances. Problema esse que o Leão da Barra certamente não teve na melhor chance de inaugurar o marcador.

Aos 40 minutos de jogo, Jordy Caicedo foi derrubado dentro da área por Vinicius Silvestre e o juiz marcou pênalti para o time baiano. Felipe Gedoz foi para a bola e conseguiu o tradicional bola de um lado, goleiro do outro. 


O gol fez muito bem a equipe Rubro-Negra que passou de atacado a equipe com mais atitude no tempo complementar, se aproveitando também de uma sequência de erros e notório nervosismo do Regatiano. Jordy Caicedo, Lucas Cândido e Wesley foram protagonistas de lances que quase aumentaram a dianteira. 

O CRB também teve, já nos minutos finais, uma boa oportunidade de ao menos buscar um ponto na partida com Alisson batendo e o arqueiro uruguaio Martín Rodríguez sendo a última peça de encaixe para estruturar a vitória do time de Salvador.


Fonte: Lance

"O seu apoio mantém o jornalismo vivo. O jornalismo tem um papel fundamental em nossa sociedade. O papel de informar, de esclarecer, de contar a verdade e trazer luz para o que, muitas vezes, está no escuro.


Esse é o trabalho de um jornalista e a missão do Redação Nacional.


Mas para isso, nós precisamos de você e do seu apoio, pois juntos nós podemos, através de matérias iguais a essa que você acabou de ler, buscar as transformações que tanto queremos."


Copyright © 2019, Redação Nacional. Todos os direitos reservados.

16 visualizações0 comentário